Você se compara às outras pessoas?

Quem nunca se comparou com as outras pessoas? Acredito que todos nós em algum momento já fizemos isso. Comparamos nosso corpo, nosso cabelo, nosso trabalho…

Nós fazemos isso em busca de referenciais externos para comprovarmos à nós mesmos o nosso valor. Esse tipo de comportamento é algo normal, porém se é feito em excesso pode se tornar prejudicial, afetando a nossa autoestima.

Se estamos sempre nos comparando com as outras pessoas pode indicar que temos uma baixa autoestima. Afinal, estamos sempre querendo provar para nós mesmos que temos o nosso valor. E ao mesmo tempo, pode fazer com que nossa autoestima fique cada vez mais baixa, pois essas comparações geralmente causam um sentimento de inferioridade.


Por exemplo: Imagine que você tenha um colega de trabalho que é um ótimo profissional.
Embora você também seja um excelente funcionário, se você se comparar com essa pessoa, provavelmente você irá se focar no que ele faz melhor que você. Geralmente, quando fazemos esse tipo de comparação temos pensamentos, como: “ Queria muito ser tão bom quanto ele” ou “Ele tem mais qualidades do que eu”. Apesar de isso nem sempre ser verdade, nós geralmente aceitamos esses pensamentos como verdades, sem ao menos questionar.

Nós podemos sim apreciar as qualidades das outras pessoas, mas não precisamos nos colocar em uma posição inferior a elas para isso. Se seu colega de trabalho sabe fazer coisas que você não sabe, você pode aprender com ele, mas não pense que ele tem mais valor que você por causa disso.

Cada um de nós tem a sua própria história e por essa razão somos únicos! Por isso, não é justo se comparar aos outros. Nós podemos reconhecer nossos defeitos e tentar melhorar, mas não precisamos nos focar em apenas naquilo que temos de negativo.

Quero fazer um convite a você: Olhe mais para si mesmo, para o seu interior. Perceba as suas qualidades, aquilo que você faz de bom, aquelas coisas que só você sabe fazer bem por menores que você ache que são. Valorize essas qualidades! Se valorize por ser quem é! Você não precisa ser igual ou ser tão “bom” quanto às outras pessoas. Você só precisa ser você, conhecer a si mesmo e os seus potenciais!