O que é ansiedade? Saiba o que é e como controlá-la.

A ansiedade é uma reação normal que é comum de ser vivenciada em situações novas, como por exemplo, o primeiro dia em um novo trabalho ou diante de algum problema, como uma dificuldade financeira. Ela é a antecipação de uma futura ameaça e a preocupação que as coisas não saiam como o esperado. Ela é algo natural e útil à nossa sobrevivência, pois em uma situação de perigo o cérebro envia sinais para o nosso sistema nervoso, nos deixando em alerta.

O grande problema é quando a ansiedade passa a ser patológica, originando os transtornos de ansiedade (Transtorno Obsessivo Compulsivo, Síndrome do Pânico e Transtorno de Ansiedade Generalizada) ou prejudicando a saúde física e qualidade de vida e além disso, atrapalhando a nossa vida em vários aspectos como o profissional, social, emocional e familiar.

Mas como identificar quando a ansiedade deixou de ser algo saudável e está se tornando algo doentio? Alguns sinais são:

Enxergar perigo em tudo

Pessoas muito ansiosas enxergam perigo em tudo, de uma maneira desproporcional. Por exemplo: Se irão viajar, já pensam no que pode dar errado.

Procurar conforto na comida

A comida é utilizada frequentemente como uma forma de se obter prazer, por isso, é muito comum que quando a ansiedade é muito intensa, se busque aliviá-la comendo, principalmente doces, que são alimentos que induzem o nosso corpo a produzir hormônios que proporcionam bem-estar, como a dopamina. No entanto, se esse tipo de comportamento ocorre com muita frequência, pode causar ganho de peso e até mesmo evoluir para uma compulsão alimentar.

Insônia

Quando o nível de ansiedade está muito alto, é comum encontrar dificuldade para dormir, principalmente antes de um evento considerado importante, como uma entrevista de trabalho.

Tensão muscular

Dores no pescoço, nas costas e na nuca constantemente são sintomas de ansiedade. Quanto mais intensos os sentimentos de preocupação e desânimo, maior a possibilidade de sentir essas dores.

Memória ruim

O cérebro de uma pessoa ansiosa faz inúmeras sinapses (conexões entre neurônios) desnecessárias e isso causa esquecimentos e dificuldade para assimilar novos conhecimentos.

Cansaço físico

A ansiedade patológica leva o corpo à exaustão. Por isso, mesmo que a pessoa tenha aproveitado o dia para descansar, a sensação de cansaço persiste.

Você tem mais que um dos sintomas citados acima? Então está na hora de aprender a controlar essa ansiedade! Mas como fazer isso? Algumas dicas são:

 

Aceite a sua ansiedade

Se sentir ansioso não é nada agradável, mas se você ficar focado em parar de se sentir assim, “lutando” contra essa emoção, poderá acabar a aumentando. Ao invés disso, aceite a sua ansiedade, tenha em mente que em algum momento ela irá passar e se distraia para não ficar focado nesta. Dê uma volta, converse com um amigo, enfim…qualquer atividade que possa te entreter é válida!

Identifique que pensamentos estão te deixando ansioso

Tudo aquilo que sentimos é consequência dos nossos pensamentos e das nossas crenças (tudo aquilo em que acreditamos, nossos valores, a forma enxergamos a nós mesmos, o mundo e o futuro).

Normalmente pessoas ansiosas tendem a interpretar as situações como perigosas, desconsiderando evidências contrárias a isso e acreditando que sempre irá acontecer o pior. Por exemplo:  Ao entrar em um avião para ir viajar penso que ele irá cair e eu irei morrer. Ao ter esse pensamento posso questionar: “Quantos aviões caem todos os dias?”, “O quanto é seguro andar de avião?”, “Quantas pessoas que eu conheço já viajaram de avião e ocorreu tudo bem?”, “Qual a chance de um avião cair?”

Esses questionamentos irão fazer com que eu enxergue a situação com mais clareza e mais próxima da realidade. Afinal, como posso ter certeza que o avião irá cair? Qual a chance de isso realmente acontecer? (Curiosidade: Segundo a revista Exame, a probabilidade de se morrer em um acidente de avião é de uma entre 11 milhões). Sabemos que acidentes realmente acontecem, assim como já houve casos de aviões cair, mas não há como ter certeza que isso realmente irá acontecer e além disso, a chance de não acontecer é muito maior.

Faça Psicoterapia

Procure ajuda profissional! Um bom psicólogo poderá te ajudar a descobrir as causas da sua ansiedade e utilizar ferramentas e estratégias para diminuí-la.

Faça Exercícios Físicos

Se exercitar regularmente pode ajudar a combater a ansiedade, pois ajudam o organismo a produzir hormônios que induzem a sensação de bem-estar. Então, procure algum esporte ou alguma atividade física que você goste e comece a se mexer!

Experimente meditar

A meditação regula a liberação de substâncias importantes para a nossa saúde mental, reduzindo os níveis de estresse, ansiedade e melhorando o humor.

Todos nós passamos por momentos de ansiedade, como foi falado no texto, é normal, desde que não esteja prejudicando a sua saúde e a sua vida. Se você acha que a sua ansiedade está muito intensa e está com dificuldade para lidar com esta, procure ajuda de um profissional. Assim, ficará muito mais fácil de aprender a lidar com ela para ter uma melhor qualidade de vida.